BEM VINDO!

Caro Visitante:
Obrigado por acessar esta página.
O objetivo principal deste espaço é o de relatar experiências de sucesso totalmente vinculadas à Lei Universal da Atração, com a finalidade de edificar e incentivar a observância consciente de seus princípios.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Meditação, Inspiração, Intuição...

Tenho insistido com as pessoas com as quais falo a respeito da Lei Universal da Atração, da necessidade de se colocar em harmonia com a Grande Mente Universal, ou Deus, ou Consciência Universal, ou Universo, ou a grande inteligência cósmica, ou seja lá como desejem cunhá-la. Algumas pessoas parecem ficar melindradas quando me refiro a Deus de uma ou de outra maneira, enquanto que outras parecem até ter dificuldade de entender que, de qualquer forma, estamos falando sempre da mesma pessoa ou entidade, a grande inteligência universal, que tudo conhece, tudo pode, tudo criou, tudo entende, tudo permeia, inclusive o interior de nosso ser.

A forma de se colocar nessa situação de harmonia, é a prática da meditação. Pura e simplesmente. Separe 15 minutinhos diariamente pela manhã, logo ao acordar, e pratique meditação. Bloqueie seu pensamento consciente, deixe de prestar atenção em sons, pessoas, não pense em nada, exceto talvez na sua respiração, ou no fluxo de sangue fluindo pelo seu corpo e o aquecendo, por apenas 15 minutos, e você sentirá os efeitos desta harmonização com o Universo quase que imediatamente após o encerramento da prática. Repita o procedimento à tardezinha, sempre em silêncio, num lugar só seu. Você receberá, entre muitas outras coisas, inspiração para fazer um monte de coisas, você se tornará um canal para o fluxo da energia construtiva da Grande Mente Universal. Para isto, você terá que começar a acreditar na sua própria intuição.

.....

Me caem no colo informações impressas que eu não solicitei, principalmente porque não sabia que elas existiam, mas que me são muito úteis para eu realizar algumas coisas em que tenho pensado. Vou a uma cidade estranha, numa Quinta-feira, num bairro afastado e popular, no qual jamais tinha ido antes nem sabia da sua existência, à procura de um endereço às 8 da noite, peço informação a um homem que estava atrás do balcão num barzinho mal iluminado que estava aberto, ao qual eu nunca havia visto na vida, nem muito menos ele a mim, pois resido numa cidade que está a pelo menos uns 100km do local, e nunca havia passado por ali antes, ele confirma que a numeração ali é muito confusa, “larga” imediatamente o balcão com 2 fregueses dentro do estabelecimento, e vai comigo por uns 50 metros ( sem que eu lhe pedisse, pois apenas perguntei por um número e uma pessoa, a qual ele não conhecia ), examinando prédio por prédio, em busca do número de cada um. Ao final da empreitada, que lhe requereu seguramente quase uns 10 minutos de atenção, me deixa na frente do local que eu procurava, não sem antes me contar a história daquele estabelecimento (importante: sem que eu lhe perguntasse!). Retribuí voltando com ele ao barzinho, e comprando um espeto de carne muito engordurado e sabor nada animador. Fui embora mais do que satisfeito com o resultado da minha pesquisa, muito esclarecedora e produtiva. A estrada, com asfalto todo esburacado e iluminação deficiente não me impediu de me pegar com um sorriso escancarado, quase de orelha a orelha, menos por causa das informações obtidas, as quais significam um salto em relação a informações que estou coletando para um projeto que estou desenvolvendo, do que pelo reconhecimento de que a Grande Mente Universal havia preparado aquela situação, aquele momento, aquela pessoa, aquelas circunstâncias, e deixado as portas escancaradas para a revelação para mim do que eu fora buscar. Obtive muito mais informações do que eu sequer podia imaginar que podia requerer e obter.

Bem, Domingo pela manhã, acordei com a inspiração de tratar de outro assunto, e para tanto tive que ir a outro endereço, buscar outra informação. Minha intenção era descobrir o paradeiro de uma pessoa que possuía um pequeno comércio ali, até meados do ano passado, para então eu ir até o novo local onde ele supostamente estivesse novamente estabelecido para, mediante uma conversa informal, tentar descobrir alguns detalhes acerca de uns negócios. Cheguei no local por volta das 7 e meia, pensei, um horário muito cedo, um tanto dificultoso para encontrar pessoas na rua, ainda mais num bairro residencial de uma cidade pequena do interior de São Paulo. No caminho havia pensado que se necessário, teria que esperar no local, por algumas horas talvez, até aparecer alguém com quem eu pudesse conversar. Estacionei o carro do outro lado da rua, em relação ao local onde era o comércio da pessoa que eu intentava localizar, e um senhor, de uns 70 anos, distinto, a quem eu, só para variar, nunca tinha visto mais gordo, acabava de abrir o portão de provavelmente sua própria residência, há uns 5 metros de onde eu havia parado. Saí do carro sem sequer fechar a porta, pois não deu tempo, e cumprimentei-lhe, e perguntei sobre a pessoa do comércio, se ele sabia para onde havia mudado, onde eu o poderia encontrar, e só. O homem respondeu minhas 3 perguntas com a mesma objetividade que as fiz, e disse: conhecia o homem, não sabia para onde ele havia mudado o comércio dele, e não sabia onde ele morava. Sem que eu lhe perguntasse, me disse uma frase que foi a isca para eu perceber que este estranho tinha exatamente a informação comercial que eu, de fato, intentava obter da outra pessoa. Emendando a conversa na frase que ele soltara, em pouco mais de 2 minutos de diálogo obtive informações sobre tudo o que precisava saber e muito mais. Resumindo: atirei numa mosca e acertei numa boiada de gado pura sangue, da mais alta qualidade!

Nem preciso falar novamente que peguei o carro e saí do local cantarolando agradecimentos ao Universo, e rindo que nem um bobo alegre. Apesar de este tipo de coisas fazerem do meu dia-a-dia há alguns meses, confesso que fico pasmado até hoje!

Viver em harmonia com a Grande Mente Universal é isto: é viver chegando no lugar certo, na hora certa, é ver as circunstâncias “montadas” para lhe favorecerem, é ver tudo fluindo, dando certo, de primeira, sem pressionar, sem forçar a barra. Você vai em busca de “a”, pergunta “a”, e recebe informação de “a”, “b”, “c”, “d”, “e”. “f”, “g”, “h”, “i”, ........

Por isso, convido novamente: Vamos meditar, gente!

Forte abraço

3 comentários:

aparecido disse...

Caro Wagner, este blog é uma dádiva, eu me encontro em um momento complexo e saber que existem outros caminhos que eu posso percorrer e superar meus problemas é divino. Estás fazendo um belo trabalho, estás salvando vidas.....

Anônimo disse...

Caro Aparecido, bem vindo à consciência de que vc é o dono do seu destino. Tenha a frieza de parar com tudo o que está lhe preocupando, e tome as rédeas da sua vida nas suas mãos, imediatamente. Aprenda a construir sua vida com a força do seu pensamento. Ponha-se a meditar, que voce dominará o seu pensamento, e vc verá: o resultado começa a se manifestar imediatamente. Não é mágica, é a realidade da vida que Deus, a Grande Mente Universal, preparou.

Convido-o a que leia mais relatos publicados desde Junho de 2008. Seja sempre bem vindo!
Forte Abrazo
Wagner Woelke

Angela Maria disse...

Fantástico!!!